Acolhendo Vidas





Lidar com jovens e adolescentes parece ser uma tarefa difícil. Nós, do ministério ACOLHENDO VIDAS, enxergamos algo magnífico em acolher vidas ainda sem muita experiência, porém sedentas do nosso amor e também do amor incomensurável de Cristo.

“Portanto, acolhei-vos uns aos outros como também Cristo Jesus nos acolher para a glória de Deus.” (Romanos 15:7).

Temos a função de recepcionar os jovens que chegam aos cultos, dedicando especial atenção aos visitantes e novos membros. A recepção excede a idéia de um cumprimento inicial ou um voto de boas-vindas na entrada do santuário, mas significa integrar os recém-chegados à congregação e fazer com que sintam-se verdadeiramente amados, seguindo as palavras e o caráter de nosso Senhor:

“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros.” (João 13:35).

Recolhemos informações sobre cada nova pessoa chegada em nosso meio, pois entendemos que um contato posterior pode ajudar grandemente no processo de integração do jovem. Assim, estimulamos o recém-chegado a uma intimidade maior com Cristo e a um contato mais próximo com o  grupo.

Além de recepcionar os jovens, somos responsáveis pela organização e coordenação de todo serviço de culto da juventude, zelando pelo bom andamento do mesmo. Isso envolve uma série de atividades tais como abertura do santuário, recolhimento de ofertas, orientações aos visitantes, organização de eventos especiais, entre outras. Temos como referência o serviço realizado pelos diáconos e ministros nos cultos regulares da Igreja, e, em última análise, os serviços realizados pelos levitas no Antigo Testamento, que eram responsáveis pelos trabalhos que envolviam o culto a Deus no templo.

Thiago Castro

[email protected]